Header Ads

Um mês e nada do assassino da menina Beatriz Mota. Quem matou? Seja quem for, nós exigimos justiça!

[caption id="attachment_2118" align="aligncenter" width="423"]Imagem:Divulga Petrolina Imagem:Divulga Petrolina[/caption]

Hoje 10 de janeiro de 2016 faz (um mês) que a menina Beatriz Mota foi brutalmente assassinada a golpes de faca no interior do Colégio Maria Auxiliadora em Petrolina e até o momento nada da polícia apresentar o monstro (a) que protagonizou essa barbárie.

Isso até parece um “filme de suspense policial, que até o momento não temos ideia do final“. Só que não é um filme, é a vida real onde o assassino até o momento deve está rindo de todos e até mesmo da polícia, como também a qualquer momento pode até vir a repetir a mesma barbárie.

Esperamos da justiça uma resposta, mas até o momento só sabem pedir paciência e tempo.
Ter paciência e fé é o que nos resta, mas ao mesmo tempo, temos de fazer manifestações para que esse não seja mais um caso esquecido e sem solução. Todos nós ficamos ansiosos na espera que a polícia nos traga a tão esperada notícia; “Achamos o culpado”.

Quando um crime não é resolvido, ele pode se tornar desesperador tanto para a população, quanto para os familiares das vítimas, que não obtém justiça nem resposta sobre o ocorrido.

Os cidadãos de Petrolina e Juazeiro pedem ao “Sr. Delegado e aos Agentes” que usem de toda sua inteligência e solucione esse caso.

O que não queremos é que esse caso não seja apenas mais um crime INTRIGANTE E SEM SOLUÇÃO.

FONTE: PORTAL DIVULGA PETROLINA/Nelson Fontes