Header Ads

Delegado marca coletiva de imprensa nessa terça-feira (29) sobre o caso Beatriz

disque



A Polícia Civil de Petrolina está investigando o assassinato de Beatriz Angélica Mota, de apenas 7 anos de idade, que foi morta brutalmente a facadas dentro de uma sala do Colégio Maria Auxiliadora, no Centro da cidade. O crime ocorreu durante a realização de uma festa de encerramento do ano letivo. A garota estava acompanhada dos pais, sendo ele professor da unidade de ensino.

O delegado da Policia civil de Petrolina Marceone Ferreira, juntamente com o perito reunira a imprensanesta terça-feira (29)no colégio da Polícia Militar (CPM), às 7h, para informar sobre o andamento das investigações do assassinato brutal da menina Beatriz Angélica.O delegado Marceone, juntamente com o perito