Header Ads

Morre aos 62 anos a ex-deputada Isabel Cristina

downloadA ex-deputada Isabel Cristina, de 62 anos, morreu, nesta quarta-feira (22), em decorrência de uma parada cardíaca. Isabel Cristina estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Devido à complexidade do caso, os médicos haviam optado pelo coma induzido.

O velório acontece a partir das 14h na Câmara de Vereadores de Petrolina.
De acordo com o médico neurologista José Carlos Moura, que acompanhava Isabel Cristina, a paciente deu entrada no hospital no dia 10 de junho, com fortes dores de cabeça. Ao realizar o tratamento clínico foi verificado que Isabel estava com hipertensão intercraniana.
Na quarta-feira (15) foi realizada a primeira cirurgia. Ela estava com duas metástases no cérebro. Seis horas após a cirurgia ela teve um edema vasogênico, um inchaço no cérebro. Segundo José Carlos Moura, em casos com este tipo de edema, o quadro é quase sempre irreversível e a equipe médica optou por colocar a paciente em coma induzido. Na quinta-feira (16) foi feita uma craniectomia descompressiva, para tentar regredir o edema.
Na terça-feira (21), a ex-deputada teve uma melhora e estava respondendo aos estímulos. Durante a madrugada desta quarta-feira (22) o quadro de saúde piorou e ela sofreu duas paradas cardíacas pela manhã. A morte foi confirmada às 7h20.
O velório será na Câmara de Vereadores de Petrolina, a partir das 14h. O sepultamento acontece nesta quinta-feira (23), às 10h no cemitério Campo das Flores, no Centro da cidade.

Isabel cristina de Oliveira tinha 62 anos e era natural de Araçatuba-SP. Ela faria aniversário na próxima quarta-feira (29). Isabel era professora de Física, aposentada pela Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco. Foi superintendente regional da Codevasf de 4 de setembro de 2003 a 23 de agosto de 2006. Na última eleição, em 2014 Isabel Cristina foi candidata a Senadora 1º Suplente de Pernambuco pelo Partido dos Trabalhadores (PT).
Isabel foi vereadora em Petrolina por dois mandatos, de 93 a 96 e de 97 a 2000. Ela também foi vice-prefeita de Petrolina entre os anos de 2001 a 2003. De 2011 a 2013 exerceu o cargo de deputada estadual no Estado. Em 2015 voltou a assumir o cargo com a saída de Sebastião Oliveira, do PR, que foi chamado para ser Secretário de Transportes de Paulo Câmara.(G1 Petrolina)