Header Ads

Dois homens são presos com notas falsas na Av. dos Tropeiros em Petrolina, PE



Dois homens são presos neste sábado (22) na Avenida dos Tropeiros no bairro Jardim Amazonas em Petrolina,Segundo informação, os dois os estava em um veiculo HB20 de cor cinza placa PYF-6585 (Belo Horizonte /MG) passando as notas, quando populares fizeram a denúncia  a Rc 801 no local  fizeram uma  abordagem ao veículo e encontraram várias notas falsas, os ocupantes do veículo era ANDRÉ o outro Islan Cleiton da Silva Ferreira. Segundo informação os mesmos estava também no bairro João de Deus. Após a prisão em flagrante, os dois foram encaminhados junto com o material encontrado para a Polícia Federal em Juazeiro para serem tomadas as medidas cabíveis.Um dos acusado é ex-presidiário, Islan Cleiton da Silva Ferreira , já foi preso por tráfico de drogas em 2013.



 

Confira a matéria na integra em 2013
Na madrugada de quinta (27), a Polícia Militar de Pernambuco dando continuidade ao combate ao crime organizado, com foco nas quadrilhas de assaltos à bancos, desencadeou uma operação através do serviço de inteligência NIS IV 5º BPM e CIOSAC, comandada pelo 1º Ten PM Freitas, onde foram efetuadas as prisões de Francisco Fábio Eugênio da Mota e Islan Cleiton da Silva Ferreira.
Francisco Fábio é suspeito de ser integrante de uma quadrilha de assaltantes de banco que vem atuando no sertão Nordestino, em ações na cidade de Afrânio-PE, Santa Cruz da Venerada-PE, Terra Nova-PE, Princesa Isabel-PB, Mauriti-CE, dentre outros estabelecimentos comerciais na cidade de Petrolina-PE. Com Fabinho foi apreendido ainda 337g de cocaína e uma balança de precisão, como também foi dado cumprimento ao mandado de prisão em seu desfavor por se encontrar foragido da Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes, onde se encontrava preso por assalto a mão armada.
Foi preso ainda Islan Cleiton da Silva Ferreira,  no momento da abordagem se encontrava traficando cocaína juntamente com Fabinho, onde foi apreendido em seu poder 116g da droga. De acordo com informações de Fabinho, seu comparsa não faz parte do bando de assaltantes, pois suas atividades se resume ao tráfico de drogas.
Todos os envolvidos juntamente com os materiais apreendidos foram encaminhados à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Petrolina para serem tomadas providências cabíveis. (Cazzeta)