Header Ads

Prefeitura de Juazeiro recupera pavimentação da Rua 11 no bairro Itaberaba

A Prefeitura de Juazeiro através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) está executando o serviço de recuperação da pavimentação em paralelepípedo granítico da Rua 11, no bairro Itaberaba, através da Operação Tapa buraco. Iniciada no final da quinta-feira passada (21), a ação tem como objetivo corrigir os trechos da via que foram danificados com a ação do tempo e das chuvas a fim de garantir a fluidez do trânsito, um deslocamento seguro e confortável aos moradores e condutores de veículos que transitam pela via que é o principal acesso dos Residenciais Juazeiro I, II e III.

De acordo com o titular da SEDUR, Anderson Alves, essa é a segunda vez que a via é beneficiada com a operação. “A SEDUR iniciou um novo contrato, orçado em aproximadamente um milhão e seiscentos mil reais, custeados com recursos próprios do município, para a ‘Operação Tapa Buraco’ no mês de maio e o Itaberaba foi o primeiro bairro a ser beneficiado. Recuperamos a parte inicial da via e agora estamos recuperando o trecho final próximo a entrada para os residenciais”, explica o gestor.

Segundo o secretário o trecho da via em obra está interditado, equipes do SAAE corrigiram os problemas de esgotamento sanitário e duas equipes estão trabalhando na recuperação da via. “A nossa equipe técnica está acompanhando a obra diariamente para que os serviços sejam realizados o mais breve a fim de minimizar os transtornos para a comunidade”, observou Anderson Alves.

Maria Luzia de Araújo é moradora do Residencial Juazeiro II e passa pela via diariamente para levar seus filhos à escola. Para ela a recuperação da via representa uma grande melhoria no acesso a sua moradia. “Essa é uma intervenção que todos os moradores dos residenciais e também do bairro Itaberaba aguardavam ansiosos, pois os ônibus pararam de entrar no bairro, e a situação da via estava terrível, agora com a recuperação melhora tudo, tanto para os motoristas como para os pedestres”, declara a moradora.



Por Gardennia Garibalde/SEDUR