Funcionários do Banco do Brasil em Petrolina protestam contra o fechamento de agência na cidade

 


Funcionários do Banco do Brasil em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira (29) contra o fechamento da agência na cidade. Os protestos foram feitos em frente à a agência localizada na avenida Fernando Góes. A faixa do sindicato dos bancários trazia mensagem de luto.

O presidente do sindicato dos bancários de Petrolina, José Augusto Ribeiro, diz que a decisão vai prejudicar os funcionários e a população da cidade. "Teremos a extinção da bateria de caixas e mais essa dificuldade de atender mal. Não estamos atendendo bem e vamos atender pior. A equação é matemática, tirou funcionário, aumenta a fila", destaca.

Manifestações semelhantes estão sendo realizadas em todos os estados brasileiros. Nesta sexta, funcionários do Banco do Brasil estão fazendo uma paralisação de 24 horas contra o pacote de reestruturação que a direção da instituição anunciou.

O plano prevê o fechamento ou rebaixamento de mais de 800 agências no país, sendo 22 no estado de Pernambuco. A agência localizada rua Coronel Amorim, no centro de Petrolina, está inclusa nesse fechamento. O banco também instituiu um plano de demissão voluntária, que atinge cerca de 5 mil servidores e acaba com a função de caixas.

Uma das clientes do Banco do Brasil estava há horas na fila para tirar dinheiro no caixa porque está sem cartão. Ela disse que fica preocupada com a possibilidade de demissões dos funcionários. "Preciso desse funcionamento para tirar meu dinheiro. Se realmente tiver essas demissões vai ficar mais difícil para a gente", diz a trabalhadora rural Leandra Pereira.

Fonte: G1 Petrolina /.Foto: Paulo Ricardo Sobral

Nenhum comentário